| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

A luz lusófona
Desde: 25/01/2017      Publicadas: 50      Atualização: 05/04/2017

Capa |  África lusófona  |  Arte  |  Atualidades  |  Desenvolvimento pessoal  |  Desportos  |  Gastronomia  |  Literatura  |  Moda  |  Mundo  |  Música  |  Política  |  Turismo  |  Vida estudante


 Mundo
  24/03/2017
  0 comentário(s)


O dinheiro antes da saúde? por Alexandra Lobo
Por que quando a vacina contra o HIV começa a dar resultados, a agência de fomento interrompe as pesquisas? Saúde ou dinheiro, o que pesa mais aos olhos dos farmacêuticos?

A agência de fomento francesa se retirou do projeto da vacina para lutar contra o HIV desenvolvida por Biosantech, enquanto o laboratório certifica ter bons resultados.

No dia 27 de fevereiro de 2017, a agência de fomento solicitou ao Dr Erwann Loret, que coordenava o estudo, que parasse sua pesquisa e também todas as comunicações sobre o sujeito. No entanto, sobre 48 pacientes, tinha 10 casos nos quais não se encontrava mais células infectadas por HIV e 2 que fizeram uma retroseroconversão (redução dos anticorpos do HIV).

Com a decisão da agência de fomento de retirar o Dr Loret das pesquisas, ele e a sua equipe não puderam começar a segunda fase da pesquisa porque ele era o co-depositador das patentes da vacina e efetuava as dosagens. Mas também porque Biosantech é uma pequena estrutura com pouco fundos. Se o estudo não continuar, a licença da vacina vai voltar à agência de fomento com o risco de ser enterrada.

A desculpa usada é que não havia nenhuma continuação do estudo planejada por Biosantech. Para provar o contrário, Biosantech publicou os emails enviados à agência de fomento. Então, qual é a verdadeira razão? Segundo Biosantech, a razão é financeira, as vacinas tríplices representam um volume de negócios de 19 bilhões de euros, eles acusam à agência de fomento de dar mais importância ao dinheiro que à nossa saúde.

 

Saiba mais em:

http://www.latribune.fr/entreprises-finance/industrie/chimie-pharmacie/l-etrange-retropedalage-du-cnrs-sur-un-vaccin-anti-vih-650460.html

http://www.20minutes.fr/nice/2022039-20170228-vaccin-contre-sida-sophia-antipolis-jamais-si-proche-but-aujourdhui-recherches-coupees

  Autor:   Alexandra Lobo


  Mais notícias da seção Mundo no caderno Mundo
23/03/2017 - Mundo - Rosa Parks, a mulher que mudou as mentalidades - por Elvira Mingiedi
Dezembro de 1955, uma mulher chamada Rosa Parks recusou ceder seu lugar no autocarro. Seu famoso "não" mudará a história....
23/03/2017 - Mundo - Malala - por Adersa Sanches
Malala Yousafzai é a jovem paquistanesa que desafiou os talibãs....



Capa |  África lusófona  |  Arte  |  Atualidades  |  Desenvolvimento pessoal  |  Desportos  |  Gastronomia  |  Literatura  |  Moda  |  Mundo  |  Música  |  Política  |  Turismo  |  Vida estudante
Busca em

  
50 Notícias