| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

A luz lusófona
Desde: 25/01/2017      Publicadas: 52      Atualização: 30/05/2017

Capa |  África lusófona  |  Arte  |  Atualidades  |  Desenvolvimento pessoal  |  Desportos  |  Gastronomia  |  Literatura  |  Moda  |  Mundo  |  Música  |  Política  |  Turismo  |  Vida estudante


 Desportos

  15/03/2017
  0 comentário(s)


O renascimento da Chapecoense, por Arnaud Imbs

No dia 29 de novembro de 2016, a aeronave de registro CP-2933, que transportava 77 pessoas, acidentou-se enquanto efetuava a aproximação para pouso no Aeroporto internacional José Maria Córdova, em Medellín, Colômbia.

O renascimento da Chapecoense, por Arnaud Imbs

No dia 29 de novembro de 2016, a aeronave de registro CP-2933, que transportava 77 pessoas, acidentou-se enquanto efetuava a aproximação para pouso no Aeroporto internacional José Maria Córdova, em Medellín, Colômbia. Destas 77 pessoas, 71 morreram. Apenas 6 pessoas sobreviveram: os tripulantes Erwin Tumiri e Ximena Suarez, o jornalista Rafael Henzel e os jogadores de futebol Alan Ruschel, Jackson Follman e Neto. Esses futebolistas jogavam para a Chapecoense, um clube brasileiro da cidade de Chapecó cujo equipe foi, então, dizimada. 

 

Comoção nacional e internacional, solidariedade esportiva mundial.

 

"#forçachape". Um hashtag que se tornou o "trending topic" nas redes sociais para expressar o apoio do mundo inteiro. Símbolo ainda mais importante, no mesmo dia do acidente, os dirigentes do Atlético Nacional, a equipe contra quem jogaria a Chapecoense, pediram à CONMEBOL que o título da Copa Sul-Americana fosse entregado para a Chapecoense. Em 5 de dezembro, o clube foi declarado campeão da Copa Sul-Americana de 2016. 

 

A reconstrução 

 

Esta solidariedade não ficou simbólica. Em efeito, a tragédia levou jogadores a voltar ao clube para o ajudar enfrentar os problemas que vêm com tal situação. É o caso de Túlio de Melo quem havia jogado lá alguns meses. "Não podia dizer não". Insistiu o antigo jogador de Lille. 

Dois meses depois do acontecimento terrível, graças a um trabalho de reconstrução muito importante, a Chapecoense jogou a sua primeira partida oficial, com um novo técnico, novos jogadores no terreno e, na tribuna, os 3 jogadores sobreviventes quem já falam de um objetivo de reconstrução pessoal: voltar, algum dia, a jogar futebol. 

  Autor:   Arnaud Imbs


  Mais notícias da seção Desportos no caderno Desportos
07/02/2017 - Desportos - O rúgbi, um esporte desconhecido - Por Arnaud Imbs
No Brasil, a gente joga futebol, se interessa no futebol, fala de futebol, vai ao estádio para ver futebol. Mas recentemente, o rúgbi está se desenvolvendo pouco a pouco, até ao ponto que poder atrair jogadores europeus que não podem se impor nos campeonatos profissionais dos seus países....
01/02/2017 - Desportos - Vôlei: Brasil versus França " Por Joana Simões
O Brasil conseguiu se classificar para as quartas de final da Olimpíada 2016 com a sua equipa masculina em confronto emocionante contra a França, atual campeã mundial e da Liga Mundial de 2015. ...
01/02/2017 - Desportos - Cristiano Ronaldo, vencedor da Bola de Ouro 2016 - Por Vanessa Jorge
Após as conquistas de 2008, 2013 e 2014, Cristiano Ronaldo ganhou pela quarta vez a Bola de Ouro atingindo 745 pontos ao lado dos seus adversários Lionel Messi e Antoine Griezmann (cf. Record). As vitórias do Campeonato Europeu com a seleção portuguesa assim como a da Liga dos Campeões com o Real Madrid levaram Ronaldo a ser o favorito e o mais vot...



Capa |  África lusófona  |  Arte  |  Atualidades  |  Desenvolvimento pessoal  |  Desportos  |  Gastronomia  |  Literatura  |  Moda  |  Mundo  |  Música  |  Política  |  Turismo  |  Vida estudante
Busca em

  
52 Notícias